Conheça o iPhone 6

10
12854

O smartphone mais esperado do ano finalmente foi revelado, maior, mais bonito e mais potente do que nunca. Mas você sabe tudo o que ele traz de novo? Confira conosco.

O dia 9 de setembro foi histórico para a Apple e todos os seus fãs, com o anúncio das novidades nos produtos, em especial para o iPhone 6. O aparelho é um marco na história da companhia, porque é o primeiro com uma tela maior do que 4 polegadas, e traz vários novos recursos que tornam seu uso muito mais fácil e dinâmico, com um grande potencial de melhorar nossas vidas.

Como tudo é muito novo e ninguém colocou as mãos no iPhone 6 ainda, vamos falar sobre ele, para você ficar completamente por dentro, e decidir se vale a pena ou não comprar o aparelho.

Essa matéria cobre o iPhone 6, que é o que tem 4.7 polegadas. Se você está curioso sobre o iPhone 6 Plus, leia nosso review sobre o aparelho:

Leia mais: Saiba tudo sobre o iPhone 6+.

1 – Tamanho e resolução da tela

Apple iPhone 6

Resumindo: a tela é maior, com uma bela resolução HD e cores mais vivas do que nunca.

Primeiramente, o ponto mais notável do iPhone 6 é sua tela, de 4.7 polegadas, consideravelmente maior do que o seu antecessor, o iPhone 5S que tem uma de 4 polegadas. A Apple passou da Retina para a Retina HD, que no fim das contas é a resolução HD, que fica excelente, com cores vivas e nítidas. A resolução é de 1334 x 750 pixels, que dá uma densidade de pixels de 326 ppi (pixels por polegadas).

O aparelho vem com uma tecnologia chamada “dual domain pixel”, que, segundo a Apple, proporciona maiores ângulos de visão. A tela também tem um maior contraste e uma luz de fundo melhorada, então deve ser mais fácil de enxergá-la com luz direta em cima.

Para o caso de você se perguntar o porquê da concorrência lançar smartphones com telas de resoluções bem maiores do que as do iPhone, a resposta é simples: quanto mais pixels, maior o consumo de bateria, e existe um ponto a partir do qual o olho humano não discerne a diferença, então a Apple sempre encontra o ponto de equilíbrio perfeito entre um bom consumo de energia e uma tela com resolução bela o suficiente para ganhar nossos olhos.

Contrariando todos os rumores quentes que estavam rodando por aí – talvez até um dos mais falados, o iPhone 6 não veio com a infame tela de safira, que seria muito mais resistente do que o vidro usado atualmente, etc. Ninguém sabe o motivo ao certo, mas parece que a Apple teve problemas na produção e tal, então não se surpreenda se o “iPhone 6S” tenha o tal material. Por enquanto, então, você vai ter que continuar usando a película ;).

2 – Design

Apple iPhone 6

O iPhone 6 trouxe mudanças bem notáveis no visual, mas a Apple conseguiu mudar as formas do aparelho sem mudar o aparelho. Fica meio complicado de expressar em palavras, mas de longe você identifica que é o iPhone, e segundo os reviews, você “sente” nas mãos que é um iPhone, mesmo com o tamanho aumentado.

Ele tem os cantos arredondados, e a Apple deu mais ênfase na suavidade do contato das mãos com o aparelho, para que você o sinta o mais natural possível. A tela também é meio curva, “fundindo” no corpo metálico, proporcionando uma transição muito mais suave entre esta e o corpo. São nos detalhes que a Apple te ganha.

Ele ficou muito bonito olhando de frente e lateralmente, mas a traseira meio que deixa a desejar, por causa dessas linhas esquisitas que você vê atravessando o aparelho. Mas esse é um mau que vem para o bem, porque essas marcas são a antena dele, o que significa uma melhor recepção de sinal.

design iphone 6

O iPhone 6 também é extremamente fino, medindo apenas 6.9 mm de espessura, contra os 7.6 mm do iPhone 5S.

Design iPhone 6

O botão power foi pra lateral direita do aparelho, para facilitar o manuseio com apenas uma mão, e os botões de volume agora tem o formato de uma pílula ao invés de círculos, o que os deixou mais em harmonia com o design do aparelho.

design iphone 6

3 – Processador

A8 520

Resumo: 25% mais rápido e consome 50% menos energia do que o anterior. Com isso seu iPhone 6 vai voar e a bateria vai durar mais ;).

Agora, aprofundando no assunto:

Outro destaque do iPhone 6 é o seu novo coração, o Apple A8. O processador é aquele componente que o usuário final nunca vai se preocupar, e a maioria não vai nem saber o que é (A7, A8??), mas ele é um dos componentes mais importantes.

Por que? Bom, primeiro, ele quem faz seu iPhone funcionar =). Segundo, porque ele é um dos principais componentes que permite o iPhone ser do jeito que é: fino, bonito, eficiente, rápido, com uma ótima câmera.

O chip A8 é uma evolução do processador do 5S, o A7, e segundo a Apple, ele é 50% mais eficiente em relação ao consumo de energia, e 25% mais rápido. O processador é o responsável por gerenciar o consumo de energia, e como o A8 é muito mais eficiente nesse quesito, seu iPhone acaba durando mais, sem precisar aumentar o tamanho da bateria. Para manter o aparelho fino a Apple não coloca uma bateria grande nele, e com isso o tempo de uso fica prejudicado. Para compensar, ela investe pesado em componentes mais eficientes em termos de energia, então você pode usa-lo por mais tempo.

Então, resumindo em palavras simples, o processador Apple A8 é mais rápido e consome menos bateria do que o anterior. Isso se traduz em: seu iPhone 6 será mais rápido do que nunca, e a bateria vai durar ainda mais.

Junto com o A8 vem também o M8, que é um outro processador, menor, chamado de “coprocessador”. Isso porque ele serve para gerenciar coisas menores sem ocupar o processador principal. E o que seriam essas coisas menores? Bom, basicamente, ele fica lendo constantemente as informações dos diversos sensores do iPhone 6, como giroscópio, acelerômetros, e agora também barômetro. Com isso ele pode detectar se você está andando, correndo, de bicicleta, subindo ou descendo uma montanha, está no carro, enfim, tudo. A diferença entre o A8 e o M8 é que o último foi feito para isso, então ele gasta pouca energia ao ficar constantemente trabalhando.

m8

Você vai tirar muito proveito do M8 ao utilizar o HealthKit e os diversos aplicativos para monitoramento de exercícios físicos. Obviamente, não se preocupe com ele, mas saiba que lá dentro do seu iPhone existe uma maravilha da engenharia que está vendo e sentindo tudo o que você está fazendo no momento, e que te repassa todas as informações sobre isso, basta procurar.

4 – Câmera

camera iPhone 6

Resumindo: tire fotos estonteantes com a nova câmera, que traz vários recursos antes vistos só em câmeras profissionais.

Esse é um aspecto que todo mundo se preocupa, afinal quem não quer fotos boas, mas pouca gente se toca nos aspectos técnicos. E nem tem que se tocar mesmo não, porque ninguém é obrigado a saber os detalhes técnicos. Você compra algo para ele funcionar, e bem. Simples.

Mas é interessante saber um pouco mais, claro. Primeiro, vamos falar dos megapixels. “Ah, a câmera do iPhone é uma m**da. O Galaxy S5 tem uma de 16 megapixels, e essa porcaria só tem 8” – se você nunca ouviu ninguém falar isso quando quer xingar o iPhone, jogue uma pedra.

A primeira resposta, claro, você fala “po mas minhas fotos são MUITO boas”. Porém, talvez você se pergunte depois “por que?”.

Então, quando você vai analisar uma câmera, não se deve olhar só para o número de megapixels. Eles dizem pouca coisa, na verdade. Eu não sou um especialista em câmeras e não sei todos os aspectos técnicos que fazem uma câmera ser boa. Mas sei que não são só os megapixels 😉

A câmera do iPhone 6 manteve os mesmos 8 megapixels dos modelos anteriores, mas a Apple aprimorou muito os sensores de captura de luz, adicionando muita tecnologia nisso. O resultado é que você terá fotos muito mais vívidas e nítidas, e também outros recursos como a câmera lenta ainda mais lenta, um sistema de foco mais rápido e eficiente, e outras coisas mais, graças também ao iOS 8 e ao novo software da câmera.

camera iphone 6

O iPhone 6 Plus tem um sistema de estabilização óptica de imagem, que permite vídeos melhores e dá mais qualidade a fotos em movimento – evita fotos borradas. O sistema de estabilização do iPhone 6 (o menor) é digital.

5 – NFC e Apple Pay

Apple Pay iPhone 6

O último aspecto talvez seja bastante novidade para você, e também é bem possível que nunca tenha nem ouvido falar no termo NFC.

NFC significa Near Field Communication, ou Comunicação de Campo Próximo. É um conjunto de tecnologias que permite que dois dispositivos se comuniquem apenas pela proximidade física entre eles, sem precisar fazer o tal “pareamento” do bluetooth, ou conectar a redes sem fio, bla bla bla. A coisa é simples: chegou perto, se comunicou – trocou dados.

Sim, mas e aí? Bom, os smartphones com Android e Windows Phone já possuem a tecnologia há alguns anos, e a utilidade mais prática que você pode ter com eles é pra transferir arquivos, fotos, contatos, páginas na internet etc. Quando você tem algo e quer passar pro amigo, basta encostar os dois telefones, que um envia o negócio pro outro instantaneamente.

Na real na real, o NFC nesse caso é legal mas não é algo que você não viveria sem. Posso contar nos dedos as vezes que usei o NFC quando tinha Android, isso porque ninguém sabe que o negócio existe e muito menos sabe como usar, apesar de ser bem simples.

Mas, a Apple, genial como é, colocou o NFC no iPhone 6 para algo que você pode e deve usar: fazer compras.

Com isso ela transforma seu iPhone 6 em uma carteira digital. Em simples palavras, você vai usar seu iPhone para pagar suas compras no supermercado, nas lojas, restaurante, Mc Donalds, KFC, Burguer King. Como? No caixa, você só vai precisar deixar o aparelho perto da máquina de pagamentos e passar seu dedo no leitor de impressões digitais para autenticar.

Esse é o Apple Pay, o sistema de pagamentos genial que a Apple introduziu junto com o iPhone 6. Para usa-lo você só precisará adicionar o seu cartão de crédito ao Passbook – basta tirar uma foto do cartão – e pronto.

A tecnologia não depende só da Apple, depende também dos lojistas, então deve demorar um tempo até que você possa sair fazendo compras por aí com ele, mas daqui a alguns meses ou até 1 ano, quando a coisa já estiver mais estabelecida, você vai sair pagando as coisas com seu iPhone.

Pense na máquina de cartão de crédito: há uns 10, 15 anos atrás, poucos lugares tinham a tecnologia. Hoje em dia até a cantina da esquina tem a maquininha, e salva sua vida.

6 – iOS 8

iOS 8

Junto com o iPhone 6 chega também o iOS 8, a última encarnação do iOS, o maravilhoso sistema que dá vida ao smartphone.

Vamos falar sobre ele em mais detalhes em outra matéria, porque não envolve só o iPhone 6, e sim todos os iPhones a partir do 4S, e tem muita novidade.

Se você tem um iPhone 4S, iPhone 5, iPhone 5S/5C, no dia 17 de setembro será possível atualizar o aparelho para o novo sistema.

Dentre as principais novidades estão melhor performance e uma integração entre os aplicativos. Os desenvolvedores tem agora mais liberdade para interagir com o sistema e com outros apps, e você vai sentir a diferença quando estiver usando.

7 – Eu quero um iPhone 6!

Bom, não sabemos quando o iPhone 6 vai chegar no Brasil, mas se você é como nós, que não está se aguentando de esperar, a partir do dia 5 de outubro você pode colocar suas mãos em um iPhone 6 novinho, direto dos EUA.

Isso porque estaremos indo para lá para trazer iPhones 6 para vocês, sob encomenda! O William Neves vai no dia 1 de outubro e volta já no dia 5, com a mala cheia de aparelhos.

Para encomendar seu aparelho e saber mais sobre o programa, como preços e como tudo vai funcionar, acesse esse link:

vendas iPhone 6 brasil
Ps.: não é muambeiragem e também não queremos lucrar com isso. Tudo está bem explicado no link acima, e faremos todo o processo legal de tributação na receita federal, que cobra um imposto de 50% sobre o valor do produto. Tudo dentro da lei e legalidade.

Caso você prefere esperar que ele chegue aqui sabe Deus quando, ou o capital está meio curto, saiba também que os iPhone 5S e 5C tiveram uma queda BRUSCA de preços na Apple Store (diferentemente do que previmos). Leia mais nesse link:

Leia mais: iPhone 5S e 5C tem preços reduzidos

Outro ponto importante que vale destacar é a “morte” do iPhone 5C. O aparelho foi considerado meio que um fracasso da Apple, apesar de ter vendido bastante, e realmente ninguém esperava que a empresa repetiria a dose no iPhone 6. Por isso, não vimos nenhum “iPhone 6C”, graças a Deus.

Junto com o iPhone 6 a Apple anunciou também o Apple Watch, o primeiro relógio inteligente da marca, e que tem tudo para balançar o mercado.

Falaremos mais dele adiante, e vai ter muita coisa para falar, pois teremos uma sessão dedicada ao gadget, que é um relógio, acessório de moda, companheiro tecnológico, objeto de desejo, monitor de esportes e muito mais.

8 – 4G universal e garantia

Diferente do iPhone 5s, os novos iPhones 6 e 6+ terão uma antena 4G universal, e serão compatível com mais de 20 bandas de internet, o que inclui a nossa banda (7). Isso significa que em qualquer lugar do mundo que você compre o iPhone 6/6+ ele funcionará 4G em qualquer parte do mundo, inclusive aqui no Brasil.

Se você já leu o excelente artigo do William Neves sobre comprar iPhone 5s nos EUA, viu que um dos empasses é que o 4G não funcionar aqui, esse empasse nos novos iPhones não existem mais. Isso é excelente não é?…. É, mas não é tudo.

Para saber mais, leia essa matéria, que explica tudo direitinho, principalmente o lance da garantia, já que o 4G está resolvido.

9 – Preços

Agora que você já sabe bastante coisa sobre o iPhone 6+, vamos a um assunto bem importante, que é o preço.

Ninguém sabe quando ambos os modelos do iPhone 6 chegarão aqui, muito menos quanto vai custar. Mas os preços devem ser um pouco acima dos do iPhone 5S para o modelo mais básico do iPhone 6, e o iPhone 6+ deve sair mais caro mesmo.

Confira a tabela abaixo com o preço original de cada modelo nos EUA, e quanto cobraremos para trazê-los de lá no tópico mencionado logo acima. Com isso já da para ter uma base do valor que será cobrado nas lojas, não deve fugir muito disso.

Preço iPhone 6

 

Para concluir, veja o vídeo oficial da Apple, e um review de um site de tecnologia estrangeiro

https://www.youtube.com/watch?v=FglqN1jd1tM