Fazer seguro para iPhone vale a pena?

9
39293

A resposta do título desse artigo vale “ouro” – Fazer seguro para iPhone vale a pena? – É realmente uma pergunta muito difícil de ser respondida. Por um lado você vê que cada vez mais aumenta a criminalidade, principalmente de “pequenos” delitos como roubos de celulares, em especial iPhones. E pelo outro lado, o preço do iPhone não para de subir, e renda do Brasileiro seguindo o caminho inverso. E ai, se colocarmos na balança, qual lado pesa mais?

Esse artigo é uma tentativa de deixar as coisas muito bem claras sobre os “pesos” que devem ser medidos antes de se pensar em fazer um seguro para iPhone. Por tanto, vou falar nesse artigo sobre os riscos de não ter seguro, o que o seguro realmente pode trazer de benefícios, e vou tentar fazer um cálculo de custo x benefício de um seguro para iPhone.

Além de usar vários artigos da internet como fonte para esse artigo, vou utilizar estatísticas de pesquisas feitas por mim aqui no blog, nos meus últimos 2 anos. Tudo isso para tentar deixar bem claro esse assunto para você. Por isso, peço que você leia o artigo até o final, e se tiver quaisquer dúvidas ou indagações, use os comentários. Vamos lá!

Estatísticas

Em minha pesquisa interna, dos 143 entrevistados, 14 (10%) deles já tiveram os iPhones roubados. Porém, 23 (15%) deles afirmam que já foram assaltados, mas não tiveram o iPhone roubados (que sorte!). Já segundo a F-secure, empresa especializada em segurança digital, 25% dos brasileiros já tiveram um dispositivo móvel roubado, contra uma média mundial de 11%. Fazendo uma média entre minha pesquisa com a da F-secure, para fins de cálculos, vou dizer 15% dos usuários de iPhones já tiveram seus iPhones roubados.

Outra estatística importante para a “balança” é a de iPhones danificados, ou seja, aqueles que você deixou cair no chão, na água e outros danos que fizeram dele um “peso de papel”. Essa estatística, financeiramente é quase a mesma de ser roubado. Para essa estatística só tenho dados próprios. Na minha pesquisa, dos 143, 42 (30% !) afirmaram que o seu iPhone caiu na agua/quebrou a tela de vidro/dano por queda.

Outra estatística é da BemMaisSeguro, que você pode ver no gráfico abaixo:

Infografico Estatisticas Seguro iPhone
Clique para Aumentar

Essas estatísticas são importantes para você avaliar os riscos de não ter seguro. É claro que usuários que só usam iPhone em Casa/Trabalho, só andam de carro e usam capas que protegem contra quedas tem uma possibilidade MUITO menor de fazer parte destas estatísticas. Porém, estatística é para isso, fazer uma média.

Riscos de não ter o seguro para iPhone

Bem, os riscos são simples:

  • Ter seu iPhone roubado e não ser recuperado, pendendo todo capital investido.
  • Ter seu iPhone danificado de modo irreparável, perdendo todo ou parte de capital investido (depende do custo do conserto, se houver possibilidade).

Usando as estatísticas para calcular os riscos, você tem chance de 15% de ter seu iPhone roubado, e 30% de ter seu iPhone danificado.

Lembrando que você pode participar das 2 estatísticas, ou seja, ter seu iPhone danificado, e logo depois de pagar o conserto, ainda ser roubado.

Benefícios de ter um seguro para iPhone

Proteger um bem próprio dos riscos descritos acima já é um grande benefício. Lógico que ele tem um custo. Porém você tem o benefício de caso alguma ocorrência venha a acontecer, você sabe exatamente o que fazer, quanto gastar e etc.

Além disso, em casos de extremo risco, você tende a tomar atitudes mais seguras. Um exemplo disso é que, se você tiver seguro, você fica mais tranquilo ao ser assaltado, sabendo que caso o ladrão leve seus bens, você tem um seguro que cobre eles.

Outro benefício específico para iPhones é que o reparo para danos não cobertos pela garantia, como “mergulho na agua”, quebra da tela e etc. É claro que você entrará com algum custo, mas bem menor do que o reparo.

Custo de um seguro para iPhone

Bem, não vou usar esse artigo para fazer cotações de seguro para iPhone, mas dar uma média do valor do seguro e da franquia. Bem, hoje existem várias seguradoras que podem fazer seguros para iPhone, entre as mais conhecidas estão as companhias telefônicas (VIVO, Tim), lojas como Americanas.com, iPlace, e as companhias de seguros gerais (eu recomendo) como Porto Seguro e BemMaisSeguro.

Geralmente, o valor do seguro fica entre 15%-25% do valor do iPhone que você vai assegurar, isso depende da cidade que você mora, sua idade, e outros fatores que dependem também da seguradora. Além desse valor tem a franquia que geralmente é de 20%-25% do valor do produto em caso de roubo, ou um valor proporcional ao dano em caso de danos no equipamento.

Exemplo:

Apólice (seguro) – iPhone 6s 16GB R$ 3,999 – Seguro = R$ 599,85 (15%) ~ R$ 999,75 (25%). Geralmente isso pode ser parcelado em até 12x.

Franquia Roubo (caso precise) – iPhone 6s 16GB R$ 3,999 – Franquia = R$ 799,20 (20%) ~ R$ 999,75 (25%). Geralmente o valor da franquia é subtraído do valor da indenização.

Franquia Reparo (caso precise) – Valor fictício do conserto do iPhone R$ 1000,00 – Franquia = R$ 200 (20%) ~ R$ 250 (25%). Geralmente o valor da franquia é subtraído do valor da indenização.

No caso de roubo você pagaria entre 600 a 1000 reais pelo seguro de um iPhone, e se roubado receberia o valor do iPhone (R$ 3,999) menos o valor da franquia (R$ 799,20 ~R$ 999,75). No caso do reparo, primeiro voce pagar por ele, e depois é ressarcido no valor da nota do serviço, menos (-) 20% (algumas tem um valor mínimo de reparo de 200 reais).

Acho que o exemplo é bem explicativo para você entender o custo, pelo menos na teoria.

Cálculo de custo x benefício de um seguro para iPhone

O calculo é bem prático. Vamos para algumas ocasiões:

  • Roubo sem seguro:
    • Digamos que você comprou o seu iPhone e foi roubado, então você teria que adquirir um novo iPhone. Qual o custo?
      • R$ 3999 + R$ 3999 (novo iPhone) = R$ 7998.
  • Roubo do iPhone com seguro:
    • Digamos que você comprou o seu iPhone e fez seguro, e após isso ele foi roubado, então você será indenizado pelo seguro e comprará um novo iPhone. Qual o custo?
      • R$ 3999 + R$ 999 (seguro) + R$ 799 (franquia) – R$ 3999 (indenização do seguro) + R$ 3999 (novo iPhone) = R$ 5797. Com seguro, você economizaria R$ 2201 do que na mesma situação sem seguro (R$ 7998).

 

  • Dano no iPhone sem seguro:
    • Digamos que você comprou o iPhone e deixou ele cair, fazendo com que tenha danos que precisam de reparos fora da cobertura da garantia. Qual o custo?
      • Apenas quebra da tela: R$ 599 (reparo oficial).
      • Danos maiores: R$ 1.349(reparo oficial).
  • Dano no iPhone com seguro:
    • Digamos que você comprou o iPhone e fez seguro. Então deixou ele cair, fazendo com que tenha danos que precisam de reparos fora da cobertura da garantia. Qual o custo?
      • Apenas quebra da tela: R$ 200 por reparo (pode ser feito durante toda a vigência).
      • Danos maiores: R$ 270(pode ser feito durante toda a vigência). Economia de mais de 1000 reais com seguro, nesse caso ele paga a apólice inicial.

É sempre bom colocar todos os custos no papel e pesar muito bem eles.

Vale a pena fazer seguro para iPhone?

Pelo estudo do custo x benefício, podemos ver que em caso de roubo, o seguro te dará uma economia mínima de 2200 reais. Porém, caso não seja roubado, você terá um custo de 1000 reais a mais. É gastar 1000 para evitar gastar 2200 reais a mais.

O mais interessante é o caso de danos maiores ao iPhone, cuja o reparo oficial é de 1350 reais. Com o seguro você gastaria apenas 270, tendo uma economia de 1000 reais (o que já paga a apólice). Sendo que segundo a estatística, vimos que danos maiores são mais comuns do que roubos. Lembrando que a mesma apólice que cobre o dano (caso ocorra), vai cobrir um roubo futuro, ou seja, a economia pode ser somada.

Depois de mais de 1200 palavras, vamos ao veredicto?

Fazer seguro para iPhone vale a pena?

Fazer Seguro para iPhone vale a pena?

Bem amigos leitores, depois de muita análise, acho que fico mais tranquilo em dar uma resposta mais concreta a você leitor.

A resposta para essa pergunta é:

SIM! Mas depende.

Como assim? Sim, mas depende? Dessa forma você não responde nada!

Pelos exemplos expostos acima, muito provavelmente o seguro será um bom negócio para você. Porém, tem pessoas extremamente zelosas pelo seu iPhone, que nem sequer retiram o iPhone de casa, e usam capas super resistentes, com películas à “prova de balas”.

Exageros à parte, pessoas muito cuidadosas tendem a não precisar de seguro, nem de iPhone, nem de casa, as vezes nem de saúde. Mas se você não é uma delas, provavelmente precisa de um seguro para iPhone.

Um bom fato que confirma a minha afirmativa é o exemplo do dano para reparação, que geralmente acontece ou ao deixar cair na água, ou ao deixar cair no chão, quebrando a tela outros componentes. Só a economia nesse caso, já paga a franquia. E se você tiver mais do que um caso desse no ano, a economia REAL é de mais de 1000 reais.

-> Como faço o melhor seguro para o meu iPhone?

Bem, essa pergunta também requer muito estudo, e é isso que estou fazendo. Estou pesquisando todas as melhores empresas de seguro para iPhone, para tentar dar a melhor opção para o meu leitor. Sem enganação, sem problemas futuros.

Nós sabemos que há muitas empresas no mercado que não cumprem o que dizem, ou que tem letras minúsculas no contrato. Mas fique tranquilo, eu voltarei aqui em breve e lançarei um artigo especial de como fazer o melhor seguro para o seu iPhone.

Porém, se você já está decidido a fazer um seguro para o seu iPhone, se inscreva nesse link, aqui eu te darei um suporte especializado gratuito, para você fazer o melhor seguro. (link).

No mais espero que esse artigo tenha sido extremamente útil em sua tomada de decisão. Qualquer dúvida, não fique com medo, escreva nos comentários. E se você gosto do artigo, seja legal, compartilhe bastante.

Fontes: Exame, TechTudo, BemMaisSeguro, Porto Seguro (WSimoesSeguros), Tim, Apple e Pesquisas Próprias.